Aguarde...

Newsletter

O colono preto como fator da civilização brasileira

Por apenas:
R$ 20,00
COD:
Manuel Querino
Peso:
60.00
Entrega:
Calcular ao finalizar
Estoque atual:
24

Compre à vista no boleto e ganhe 5% de desconto

Parcelamento no cartão de crédito

  • PAGSEGURO
  • 1 x R$ 20,00 sem juros
  • 2 x R$ 10,00 sem juros
  • 3 x R$ 6,67 sem juros
* O número de parcelas pode variar de acordo com a bandeira de cartão de crédito
Bookmark and Share


Descrição do produto

 

Autor: Manuel Querino
Páginas: 50
ISBN: 978-85-8325-004-3
O baiano Manuel Raimundo Querino (1851 - 1923) foi um intelectual afro-descendente, aluno fundador do Liceu de Artes e Ofícios da Bahia e da Escola de Belas Artes, pintor, escritor, líder abolicionista e pioneiro nos registros antropológicos da cultura africana na Bahia. “O colono preto como fator da civilização brasileira”, publicada pela primeira vez em 1918, foi uma das suas muitas obras de destaque.

de, Manuel Querino.

O baiano Manuel Raimundo Querino (1851 - 1923) foi um intelectual afro-descendente, aluno fundador do Liceu de Artes e Ofícios da Bahia e da Escola de Belas Artes, pintor, escritor, líder abolicionista e pioneiro nos registros antropológicos da cultura africana na Bahia. “O colono preto como fator da civilização brasileira”, publicada pela primeira vez em 1918, foi uma das suas muitas obras de destaque.

Páginas: 50

ISBN: 978-85-8325-004-3

Procurar produtos similares por categoria

Escrever comentário

Comentários

Este produto não recebeu nenhum comentário até o momento. Seja o primeiro(a) a enviar um comentário para este produto!

Você visualizou recentemente...

  • R$ 20,00
    ou 4x de R$ 5,00
    ou R$ 19,00 à vista no Boleto
      Autor: Manuel Querino Páginas: 50 ISBN: 978-85-8325-004-3 O baiano Manuel Raimundo Querino (1851 - 1923) foi um intelectual afro-descendente, aluno fundador do Liceu de Artes e Ofícios da Bahia e da Escola de Belas Artes, pintor, escritor, líder abolicionista e pioneiro nos registros antropológicos da cultura africana na Bahia. “O colono preto como fator da civilização brasileira”, publicada pela primeira vez em 1918, foi uma das suas muitas obras de destaque. de, Manuel...