Palacete das Artes

voltar
  • P55livros0092
  • P55livros0091
  • P55livros0090
  • P55livros0089
  • P55livros0086
  • P55livros0083

Natureza – Frans Krajcberg

O livro “Frans Krajcberg – Natureza” é uma publicação feita para o Palacete das Artes Rodin Bahia que comemorou os 90 anos do artista e abriu a exposição “Grito! Ano Mundial da Árvore”, mostrando o resultado de antigas e atuais criações. O livro é uma compilação de fotos onde em cada página, o olhar sensível de Frans Krajcberg revela que, nos detalhes, a natureza produz obras de arte. A maioria das fotos foi feita no Pico do Itabirito, em Minas Gerais. Segundo Frans Krajcberg: “A natureza deu-me a força, devolveu-me o prazer de sentir, de pensar, de trabalhar, de sobreviver. Quando estou na natureza, eu penso a verdade, eu falo a verdade, eu me exijo verdadeiro”.

Com poemas de Thiago de Mello, o livroé uma edição luxuosa que tem 240 páginas e foi desenvolvido em capa dura, utilizando internamente uma variação de papéis especiais, texturas e posters.

Frans Krajcberg (Kozienice Polônia 1921) é escultor, pintor, gravador e fotógrafo; estudou Engenharia e Artes na Universidade de Leningrado. Durante a Segunda Guerra Mundial (1939-1945) perdeu toda a família em um campo de concentração. Muda-se para a Alemanha, ingressando na Academia de Belas Artes de Stuttgart, onde é aluno de Willy Baumeister. Chega ao Brasil em 1948 e naturaliza-se brasileiro em1952. Desde 1972, reside em Nova Viçosa, no litoral sul da Bahia. Amplia o trabalho com escultura, iniciado em Minas Gerais, utilizando troncos e raízes, sobre os quais realiza intervenções. Viaja constantemente para a Amazônia e Mato Grosso e fotografa os desmatamentos e queimadas, revelando imagens dramáticas. Dessas viagens, retorna com raízes e troncos calcinados, que utiliza em suas esculturas. Na década de 1980, inicia a série Africana, utilizando raízes, cipós e caules de palmeiras associados a pigmentos minerais. A pesquisa e utilização de elementos da natureza, em especial da Floresta Amazônica, e a defesa do meio ambiente, marcam toda sua obra. O Instituto Frans Krajcberg, em Curitiba, é inaugurado em 2003, recebendo a doação de mais de uma centena de obras do artista.

  • P55livros0131
  • P55livros0117
  • P55livros0115
  • P55livros0110

Rodin / Palacete das Artes

Foi produzido o catálogo da exposição de longa duração Auguste Rodin: Homem e Gênio, um dos mais importantes projetos museológicos vistos na Bahia. Para registrar essa grande comemoração, foi desenvolvido um catálogo com a documentação das 62 obras que estão expostas no Palacete das Artes. O catálogo com 104 páginas, também traduzido para o inglês e francês, documenta a exposição deste grande artista mundial, com informações e registros fotográficos de um genial artista em solo baiano.

  • miolo_newton_mesquita
  • capa_newton_mesquita_2
  • capa_newton_mesquita

Newton Mesquita / Palacete das Artes Rodin Bahia

O Palacete das Artes apresentou a exposição de Newton Mesquita que é pintor, desenhista, fotógrafo e escultor e tem uma trajetória muito importante no cenário das artes plásticas brasileiras com exposições e obras em galeria e museus do Brasil e no exterior. Nesta exposição denominada ‘Fazendo Gente’, o artista mostra 52 trabalhos de pintura em acrílico sobre tela em diversas dimensões. As obras retratam o cotidiano de diferentes pessoas observadas pelo artista. Figuras inteiras, grandes e com cores fortes chamam a atenção na mostra, que que apresenta homens vestidos e mulheres nuas.

A P55 criou a identidade visual de todo o material de divulgação e elaborou o catálogo em uma edição luxuosa que contempla todas as obras da mostra, assim como textos críticos e um resumo biográfico do artista.

  • mario-cravo-jr-capa
  • mario-cravo-jr-aberto-2
  • mario-cravo-jr-aberto-1

Mario Cravo Jr. / Palacete das Artes

O Palacete das Artes realizou exposição comemorativa aos 90 anos de Mario Cravo Jr., o maior expoente do movimento de arte moderna da Bahia nos anos 40 e 50, um dos mais importantes artistas da nossa terra, que coloca em sua obra, a essência do povo, suas tradições e crenças, seus costumes e mitos.

A exposição foi distribuída em dois andares e no jardim do Palacete. Os trabalhos são apresentados para o público trazendo produções de diversas épocas, inclusive obras realizadas recentemente.

A P55 fez todo o desenvolvimento visual das peças gráficas e o projeto editorial do catálogo, que conta com as imagens das obras e textos de Carybé, Jorge Amado e Jacob Klintowitz, em uma edição luxuosa com capa dura e 104 páginas.